Super user

Super user


Notice: Undefined property: Joomla\CMS\Object\CMSObject::$description in /home/ativibiz/public_html/novo/home/templates/ts_news247/html/com_k2/templates/default/user.php on line 59

Nesta terça feira (27), militares da 11ª Cia Independente  apreenderam mais de 200 microtubos de cocaína  em Matozinhos, no bairro Bom Jesus! 

O autor, um adolescente de 14 anos, foi apreendido. A  guarnição contou  com o apoio da ROCCA (Rondas Ostensivas com Cães), em um lote vago próximo ao adolescente, foi localizado uma 01 barra de cocaína e R$125,00 reais em dinheiro.

O autor, o adolescente de 14 anos, foi apreendido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, com seu representante legal.

A farmacêutica americana Pfizer entrega, nesta terça-feira (20), mais 1 milhão de doses da vacina contra a Covid-19 ao Brasil. Será o 1º dos 13 voos com imunizantes anunciados pela companhia até 1º de agosto. A aeronave que decola de Miami (EUA) deve chegar ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), no período da noite.

Até o momento a companhia entregou 22 lotes ao país, totalizando 17 milhões das 200 milhões de doses contratadas pelo governo federal. A farmacêutica diz que vai cumprir o cronograma de entrega total até o final de 2021.

 Segundo a Pfizer, além da entrega de 13 milhões até 1º de agosto, a operação será intensificada até setembro, com previsão de chegada de quase 70 milhões de doses no período.

As doses enviadas ao Brasil são produzidas na fábrica da Pfizer em Kalamazoo, no Michigan (EUA).

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu o inquérito policial que apurou esquema de fura fila da vacinação contra a Covid-19 em São José da Lapa, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ao todo, foram indiciados pelo crime de peculato três profissionais ligados à Secretaria Municipal de Saúde, além de quatro familiares e amigos dos servidores. O procedimento já foi remetido à Justiça. De acordo com a delegada Nicole Perim, a denúncia do desvio de vacinas chegou à PCMG em 19 de junho, após a Secretaria de Saúde ter acesso a um vídeo, gravado no dia anterior (18/6), no qual funcionários municipais estariam vacinando pessoas em via pública. Na data do recebimento das imagens, seis pessoas foram encaminhadas à Delegacia de Plantão em Vespasiano. Embora não houvesse mais situação de flagrante, o procedimento de investigação foi iniciado de imediato.Em continuidade às apurações, a equipe da Delegacia de Polícia Civil em São José da Lapa, identificou outro suspeito de envolvimento no esquema, totalizando sete investigados – duas técnicas de enfermagem, de 28 e 40 anos, uma agente de saúde, de 39, além do marido de uma das técnicas, de 47, e três amigos do casal, com idades entre 37 e 38 anos, residentes em Vespasiano.

A delegada informa que 14 pessoas foram ouvidas no inquérito policial. “Ainda, o vídeo foi submetido a exame pericial, que comprovou os fatos”, pontua. Concluídas as investigações, os sete suspeitos foram indiciados. “O desvio de vacinas caracteriza o crime de peculato, previsto no art. 312 do Código Penal, com pena de dois a 12 anos de reclusão e multa, para o funcionário público que desviar algum valor ou bem móvel de que tenha a posse, por força do cargo, em proveito próprio ou de terceiros”, explica.Já em relação àqueles que receberam as doses, Nicole Perim finaliza: “É sabido que o particular pode responder por crime de peculato, no caso de concurso de agentes com o integrante dos quadros da administração pública.

Nesta segunda-feira (19), a Polícia Militar recebeu informações de que em uma fazenda em Capim Branco, um homem fabricava armas de fogo e confeccionava armadilhas na mata com o objetivo de caçar animais silvestres.
Diante da denúncia, os militares se deslocaram até a fazenda e já localizaram próximo a cerca de arame da propriedade uma armadilha acoplada a uma arma de fogo artesanal. Os policiais desarmaram a armadilha e encontraram o suspeito em frente ao imóvel. O homem autorizou a entrada dos policiais na fazenda para realizar buscas no local e foi localizado na propriedade mais uma armadilha acoplada a uma arma de fogo. Os militares também realizaram buscas no veículo do autor e encontraram uma espingarda calibre 28, uma espingarda do tipo poveira e uma arma de fogo do tipo garrucha, além de diversos materiais para fabricação das armas e munições. Também foi apreendido pelos policiais um vasto maquinário encontrado na residência utilizado para a fabricação das armas de fogo artesanais.  Diante do flagrante, o autor foi preso por Posse Ilegal de Arma de Fogo e encaminha a Delegacia de Polícia Civil.
 Operação da PCMG resulta na apreensão de mais de 72 quilos de crack em Matozinhos ! Mais de 72 quilos de crack e pouco mais de 2 quilos de cocaína foram apreendidos pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) em ação realizada na zona rural de Matozinhos, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Na ocasião, um homem, de 27 anos, foi preso por tráfico de drogas. Levantamentos indicam que o suspeito é reincidente nesse tipo de crime e bastante experiente. As investigações iniciaram há cerca de dois meses, após a equipe do Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc) receber informações sobre um possível distribuidor de drogas na região. Conforme explica o delegado Rodolpho Machado, o preso atuava como intermediário em uma organização criminosa, sendo responsável pelo esconderijo e a distribuição dos entorpecentes. “Ele repassava para outros grupos para fazer a preparação em pequenas quantidades e vender nos pontos de crack”, conta Rodolpho sobre a atuação do suspeito, que abasteceria narcotraficantes da capital mineira e da RMBH. Com a localização do imóvel onde as drogas eram escondidas, policiais do Denarc realizaram buscas minuciosas e conseguiram arrecadar os entorpecentes escondidos no interior de um pequeno cômodo, abaixo de móveis e camuflados por uma cerâmica. A polícia acredita que a droga ficava estocada por, no máximo, um mês. O delegado Rafael Horácio, chefe da Divisão Especializada de Combate ao Narcotráfico, explica a relevância da apreensão: “Se fosse comparar [o montante de crack apreendido] ao valor de mercado da maconha, seria referente a uma tonelada e meia da droga”. O volume chama a atenção, já que uma unidade especializada como o Denarc costuma apreender até 5 quilos dessa droga, que tem saída rápida no mercado e pouco tempo de estocagem. As investigações prosseguem a fim de localizar o fornecedor dos entorpecentes, bem como demais integrantes da organização criminosa. A operação foi coordenada pela da 2ª Delegacia Especializada de Combate ao Narcotráfico (Decna)

 Mais de 72 quilos de crack e pouco mais de 2 quilos de cocaína foram apreendidos pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) em ação realizada na zona rural de Matozinhos, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Na ocasião, um homem, de 27 anos, foi preso por tráfico de drogas. Levantamentos indicam que o suspeito é reincidente nesse tipo de crime e bastante experiente. As investigações iniciaram há cerca de dois meses, após a equipe do Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc) receber informações sobre um possível distribuidor de drogas na região. Conforme explica o delegado Rodolpho Machado, o preso atuava como intermediário em uma organização criminosa, sendo responsável pelo esconderijo e a distribuição dos entorpecentes. “Ele repassava para outros grupos para fazer a preparação em pequenas quantidades e vender nos pontos de crack”, conta Rodolpho sobre a atuação do suspeito, que abasteceria narcotraficantes da capital mineira e da RMBH. Com a localização do imóvel onde as drogas eram escondidas, policiais do Denarc realizaram buscas minuciosas e conseguiram arrecadar os entorpecentes escondidos no interior de um pequeno cômodo, abaixo de móveis e camuflados por uma cerâmica. A polícia acredita que a droga ficava estocada por, no máximo, um mês. O delegado Rafael Horácio, chefe da Divisão Especializada de Combate ao Narcotráfico, explica a relevância da apreensão: “Se fosse comparar [o montante de crack apreendido] ao valor de mercado da maconha, seria referente a uma tonelada e meia da droga”. O volume chama a atenção, já que uma unidade especializada como o Denarc costuma apreender até 5 quilos dessa droga, que tem saída rápida no mercado e pouco tempo de estocagem. As investigações prosseguem a fim de localizar o fornecedor dos entorpecentes, bem como demais integrantes da organização criminosa. A operação foi coordenada pela da 2ª Delegacia Especializada de Combate ao Narcotráfico (Decna).

Militares da 11ª Cia independente faziam ronda na cidade de Matozinhos, quando visualizaram dois menores de idade em atitude suspeita. Assim que os suspeitos perceberam a presença da viatura, dispensaram duas sacolas de plástico e conseguiram escapar da abordagem policial.
Nas sacolas foi localizado sessenta pinos de cocaína. O material apreendido foi encaminhado para a policia civil.

Veículo afundou na Lagoa de Santo Antônio, neste domingo, 18. Não houve vítimas, mas o guincho teve muito trabalho para retirar o Palio vermelho de dentro da Lagoa.
Não houve vítimas. O local foi sinalizado e interditado para a passagem de pedestres. As proximidades da lagoa está bastante escorregadia e perigosa. Atenção ciclistas e pedestres atenção redobrada.

A Prefeitura de Pedro Leopoldo não aplicou doses de vacinas com a data de validade expirada na população. As unidades de saúde realizaram a conferência em todos os cartões de vacina com os lotes mencionados e não há nenhuma inconformidade.

nA Secretaria Municipal de Saúde realiza a busca ativa e o acompanhamento da vacinação, garantindo segurança na imunização

Na última sexta-feira, 02 de julho, assumiu a Secretaria Municipal de Segurança Pública, o Tenente Coronel Evair dos Santos Oliveira, graduado em Direito pela Unifenas. Com vários cursos de aperfeiçoamento no currículo, incluindo o de Inteligência da Polícia Militar de Minas Gerais, e inúmeras condecorações e títulos, Coronel Evair já comandou o 36º Batalhão da PM em Pedro Leopoldo, de 2011 a 2013. O novo secretário do governo municipal foi apresentado no gabinete da prefeita Eloisa Helena, onde estavam presentes a vice-prefeita Ana Paula Santos e a equipe da Secretaria Municipal de Segurança Pública

A Polícia foi acionada na noite de domingo, 03, para registrar a ocorrência de um acidente envolvendo um condutor que teve um mal súbito e bateu o carro em um poste na estrada de Quinta do Sumidouro em Pedro Leopoldo.

A vitima foi estabilizada pelo socorrista voluntario Denis Valério até a chegada da ambulância. O condutor foi levado para o pronto Atendimento Central com suspeita de traumatismo craniano.

Página 1 de 3