Foi dado o início do processo de criação da Ouvidoria do transporte público de Pedro Leopoldo

Prefeitura inicia processo de criação de Ouvidoria do transporte público de Pedro Leopoldo, para identificação, junto aos usuários, de possíveis irregularidades do transporte coletivo urbano do município. O órgão de trânsito de Pedro Leopoldo irá disponibilizar em breve dois telefones, um para ligações e outro de whatsapp para envio de vídeos, textos e áudios contendo reclamações, sugestões e qualquer tipo de insatisfação dos usuários com relação aos serviços.

A criação da Ouvidoria do Transporte fará parte da elaboração da Ouvidoria Geral do Município, processo que está em fase final na Procuradoria do Município, através de um Projeto de Lei que será encaminhado para a Câmara Municipal. “Com a Ouvidoria o cidadão poderá acionar a TransPL no momento do fato que ele considerar irregular, abusivo ou ilegal, e uma equipe será designada de imediato para resolver qualquer possível infração que seja denunciada. De posse do registro destas informações, elas ainda serão formalizadas e encaminhadas oficialmente para a Unir que terá até dez dias para oferecer a resposta e solução do problema. Pedimos que tão logo sejam disponibilizados, que os telefones sejam usados exclusivamente com esta finalidade, evitando assim que o que realmente importa possa não ser resolvido com o imediatismo que a questão exige”, disse o Coronel Alberto Luis, Secretário de Segurança Pública de Pedro Leopoldo, pasta responsável pela TransPL.

Nesta primeira fase de implantação da Ouvidoria, a TransPL já está buscando também a instalação do Disque BusPL, uma linha de telefone própria que terá a mesma função das demais linhas diretas com o órgão de trânsito, mas que terá ainda outras finalidades, como a disponibilização de diversas informações de interesse coletivo, reforçando a transparência da iniciativa. “São ações que reforçam o comprometimento desta gestão em busca de melhorias do serviço de transporte público de Pedro Leopoldo. É um importante passo e continuamos ativos na fiscalização e cobranças junto à empresa, para que a mesma possa ofertar sempre um serviço da melhor qualidade para todos os usuários do transporte coletivo da cidade”, concluiu o Coronel Alberto.

De acordo com a Procuradoria do Município, o Projeto de Lei criando a Ouvidoria Geral deve ser enviado ao Legislativo nos próximos 15 dias e, após a aprovação da Câmara e sanção da Lei pelo Prefeito Municipal, a Ouvidoria estará apta a ser implantada e os respectivos telefones serão amplamente divulgados

Rate this item
(0 votes)
Última modificação em Quarta, 14 Agosto 2019 02:26

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.