Morre o garoto Gustavo, vitima de um engasgo, no bairro São Geraldo

Mãe de Gustavo teme represálias durante velório do filho
Família pede apoio da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal durante funeral que irá ocorrer neste domingo em Pedro Leopoldo

A foto é da avó, conhecida como "Preta" ao lado do neto dias antes dele ser internado

Gustavo de 11 anos, morador do bairro São Geraldo, em Pedro Leopoldo, faleceu na noite desse sábado 14/10, em Belo Belo Horizonte, após cerca de 20 dias internado. Ele engasgou com um pedaço de carne no final do mês passado durante o jantar com a mãe, de lá prá cá, vinha respondendo bem ao tratamento médico, mas tarde passada sofreu uma parada cardíaca e acabou falecendo.

O corpo do menino será velado neste domingo (15), na Capela Velório do bairro São Geraldo em Pedro Leopoldo, mas a mãe pediu para não divulgar o horário, pois teme pela sua segurança.

AMEAÇAS

Clarice, mãe do garoto, alega ter recebido ameaças e teme pela segurança dela. Segundo a mulher, algumas pessoas teriam informado que vão “pegar ela” no velório. A reportagem apurou que uma mulher teria ido à casa da Clarice nesta madrugada e jogado pedras no seu portão, além de proferir xingamentos. A família foi orientada a chamar a Polícia Militar durante o funeral.

Relembre os fatos

Ano passado Clarice foi filmada agredindo violentamente o próprio filho, as imagens caíram nas redes sociais e revoltaram a população. O Tribunal de Justiça de Minas tirou o garoto do convívio com a mãe e o levou para um abrigo, porém, depois de meses, a criança foi novamente entregue à família.

Fatos de hoje

A família acredita que o engasgo do garoto tenha sido uma causa natural e que a mãe não tem culpa do ocorrido. A própria mãe de Gustavo o acompanhava no hospital e divulgava boletins diários comemorando a recuperação do garoto.
Reportagem: Pacheco de Souza

Rate this item
(0 votes)
Última modificação em Domingo, 15 Outubro 2023 16:25

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.