Super user

Super user


Notice: Undefined property: Joomla\CMS\Object\CMSObject::$description in /home/ativibiz/public_html/novo/home/templates/ts_news247/html/com_k2/templates/default/user.php on line 59

A pesquisa “Políticas Públicas Já: Diagnóstico sobre a população LGBTQIA+ de
Pedro Leopoldo", que visa entender e demarcar a situação dessa comunidade da
cidade, é coordenada pelos pesquisadores da UFMG Luidy Santos, Otávio Pereira e
Victor Arcanjo e conta com o apoio da Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Pedro
Leopoldo, da coletiva DiverCIDADE, da Pró-reitoria de assuntos estudantis da
UFMG, do CELLOS Minas Gerais e da Prefeitura Municipal de Pedro Leopoldo.
O objetivo principal da pesquisa é a criação de um diagnóstico registrando as
diversas experiências de vida dessa população, sua relação com a cidade, as
violências e o acesso a bens e serviços públicos e privados. Esse resultado será
apresentado à sociedade e ao poder público municipal, afim de subsidiar a
construção de políticas públicas para garantir cidadania a todos, todas e todes.
Para isso, é muito importante que você, pessoa LGBTQIA+, residente em Pedro
Leopoldo, contribua com a pesquisa respondendo o formulário virtual e também
espalhando a palavra pra quem você conheça. É rápido, completamente anônimo e
vai garantir que possamos construir medidas de combate a discriminação! Pode
ajudar?
Link para acesso ao formulário: www.linktr.ee/paradapl
Para mais informações:
Luidy Santos (31) 9 9928-1919
Otávio Pereira (31) 9 9495-5768
Victor Arcanjo (31) 9 9201-3321


Impactos hídricos, econômicos e arqueológicos são os mais questionados pelos moradores que temem a crise hídrica e a crise econômica. A dúvida dos moradores sobre o licenciamento feito na APA Caster de Lagoa Santa é sobre o impacto na retirada da água na região, sobre uma ameaça de soterrar o complexo de grutas e cavernas onde foi encontrado o esqueleto mais antigo das Américas - o crânio de Luzia encontrado na caverna da Lapa Vermelha
(foto: Divulgação/Apa Carster de Lagoa Santa)
O embargo na construção da fábrica da Heineken, em Pedro Leopoldo , na Região Metropolitana de Belo Horizonte, pegou de surpresa moradores da cidade, que esperavam ansiosos pelo empreendimento que promete 350 novos empregos. Sem entender a decisão que partiu do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), uma ansiedade foi gerada e os moradores da cidade buscam informações sobre a legislação e o futuro da obra, que estava na fase de terraplanagem

Uma forte chuva atingiu Pedro Leopoldo na noite desta segunda-feira, 27 de setembro. A tempestade causou estragos em alguns pontos do município, e, por isso, a Prefeitura de Pedro Leopoldo, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, foi cedo para as ruas com objetivo de realizar a limpeza do lixo, do barro acumulado e para realizar o recolhimento de árvores que caíram, além de resolver outros problemas causados pelo temporal.

Ainda, a Defesa Civil Municipal começou a atuar desde a noite de ontem, 27, para atender às principais ocorrências.

O desastre natural (tempestade) está relacionado ao aumento de pluviosidade em curto espaço de tempo. Não foi possível estabelecer o quantitativo / volume de água, porém, pelos danos causados, estima-se que foi um volume acima do normal. Em alguns pontos do município houve precipitação de granizo.

A Defesa Civil Municipal foi acionada e realizou intervenções em vários pontos:

 

Estrada do Coqueirinho (Tapera) - houve queda de duas árvores e alguns bambus, impedindo temporariamente a passagem de veículos. Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar, equipe da Cemig e Defesa Civil fizeram-se presentes e conseguiram desobstruir a via de acesso.

Em Santo Antônio da Barra (Matuto), no bairro Mirante (Rua José Elias da Costa Filho) e na Horta Comunitária (Rua Travessa Guarani) houve o destelhamento de residência (uma em cada bairro). Não houve desabrigados e/ou desalojados nos três locais.

No bairro Ferreiras houve queda de fios de alta-tensão na Rua São Vicente. A equipe da Defesa Civil esteve no local e realizou a interdição da via. A energia ainda não foi restabelecida no local. Empresa estabeleceu o prazo até o final da tarde de hoje para os reparos.

Na manhã de hoje (28/Set2021) a Secretaria de Obras providenciou a limpeza de todos os pontos afetados na noite passada.

A morte precoce do taxista Arlei Silva Barbosa, 36, causou grande comoção em Pedro Leopoldo. Arlei trabalhava no ponto que fica Rua Francisco Azevedo, próximo ao semáforo, no centro de Pedro Leopoldo. filho de taxista, muito querido e conhecido. Na noite de sexta-feira, 18, o jovem taxista estava de passageiro com um amigo mecânico, quando o veiculo que estavam bateu violentamente contra um poste, nas proximidades do terminal rodoviário de Pedro Leopoldo. Arlei teve fratura de fêmur e aguardou no Pronto Atendimento central uma vaga para fazer a cirurgia em Belo Horizonte. ele foi transferido para o Hospital Universitário São José, quinta-feira, 23 e foi operado. 

De acordo com informações apuradas, a cirurgia ocorreu de forma tranquila. Mas no pós operatório ele teve embolia pulmonar, foi tentada intubação, mas infelizmente Arlei teve uma parada cardiorrespiratória. O velório é nesta quarta-feira, 29, de 08;00 às 10:00 da manhã na capela velório do bairro São Geraldo.

 

Com o tema “Parem de nos matar, Políticas Públicas já!”, acontece neste domingo, dia 26 de setembro, de 15h às 17h, a 3ª Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Pedro Leopoldo.

O evento no formato online acontecerá no canal do YouTube da coletiva DiverCIDADE (https://www.youtube.com/watch?v=Fx3iNPg8iY0) e conta com apoio do Centro de Luta Pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais - CELLOS MG e Prefeitura Municipal de Pedro Leopoldo. A manifestação pública é um ato político que tem o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a importância da visibilidade, do orgulho e da luta por direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, Transgêneros, Queers, Intersexuais, Assexuais e de todas as identidades de gênero e orientações sexuais não hetero-cisgêneras (LGBTQIA+).

Conselho Municipal de Políticas para População LGBTQIA+

Para efetividade das Políticas Públicas os organizadores da Parada protocolaram junto a Prefeitura a criação do Conselho Municipal de Políticas para População LGBTQIA+ como órgão colegiado, consultivo, orientativo e deliberativo, com a finalidade de formular, propor diretrizes, acompanhar, fiscalizar e avaliar o desenvolvimento das políticas públicas de combate à discriminação e à promoção e defesa dos direitos desta população.

Diagnóstico sobre a População LGBTQIA+ de Pedro Leopoldo/MG

Para traçar um panorama acerca da população LGBTQIA+ do município, auxiliando na formulação de políticas públicas para equidade e contra as violências em Pedro Leopoldo, os pesquisadores Otávio Pereira, Victor Arcanjo e Luidy Santos, com apoio da Pró-reitoria de assuntos estudantis da UFMG iniciaram a pesquisa "Políticas Públicas Já: diagnóstico sobre a população LGBTQIA+ de Pedro Leopoldo/MG" que está disponível no link http://www.linktr.ee/paradapl . Pesquisa realizada para moradores

da cidade e que terão suas identidades preservadas já que a pesquisa é anônima.

Pré-Parada

Antes da Parada, no sábado, dia 25/09 a organização saíra pelas ruas da cidade em uma carreata para divulgação do evento. A concentração ocorrerá às 9:30h no Parque de Exposições Assis Chateaubriand e percorrerá a região central e da Lagoa de Santo Antônio.

Ameaça de soterrar o complexo de grutas e cavernas onde foi encontrado o esqueleto mais antigo das Américas, o crânio de Luzia levou o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) a paralisar as obras de uma fábrica da cervejaria Heineken em Pedro Leopoldo, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O órgão do Ministério do Meio Ambiente também enviou ofício para o governo mineiro, que já havia concedido a licença prévia para a construção, e aplicou duas multas na empresa, que somam R$ 83 mil.

Os fiscais do ICMBio, contudo, entenderam que a “dinamicidade” apregoada pelo governo implicou em estudos de impacto ambiental insuficientes e colocou água no chope do empreendimento, que previa a criação de 350 empregos diretos.

“Os impactos [à Área de Proteção Ambiental Carste Lagoa Santa, vizinho à construção da fábrica] são desconhecidos e imprevisíveis”, afirmam os fiscais do ICMBio, pois os estudos apresentados pela Heineken e aprovados pelo governo mineiro são falhos, segundo eles.

Começa nesta quinta-feira, 23 de setembro, a imunização dos adolescentes de 12 a 17 anos, com comorbidades ou deficiência permanente. 

Fique atento à documentação necessária para a vacinação. Vale lembrar que a imunização deste público acontecerá com a presença dos pais ou responsável!

Começa nesta quinta-feira, 23 de setembro, a imunização dos adolescentes de 12 a 17 anos, com comorbidades ou deficiência permanente. 

Fique atento à documentação necessária para a vacinação. Vale lembrar que a imunização deste público acontecerá com a presença dos pais ou responsável!

Começa nesta quinta-feira, 23 de setembro, a imunização dos adolescentes de 12 a 17 anos, com comorbidades ou deficiência permanente. 

Fique atento à documentação necessária para a vacinação. Vale lembrar que a imunização deste público acontecerá com a presença dos pais ou responsável!

Começa nesta quinta-feira, 23 de setembro, a imunização dos adolescentes de 12 a 17 anos, com comorbidades ou deficiência permanente. 

Fique atento à documentação necessária para a vacinação. Vale lembrar que a imunização deste público acontecerá com a presença dos pais ou responsável!

Página 1 de 5